SEDIN cobra urgência da Portaria do PDE 2018: