SEDIN ENGROSSA ATO PÚBLICO CONTRA AS REFORMAS